Quinta-feira, 15 de Março de 2012

(32) NO MEU RIO IMAGINÁRIO

NO MEU RIO IMAGINÁRIO

 

No caudal no meu rio do canal

Deslizam tantas águas cristalinas

Na corrente impetuosa, torrencial

Cintilando para o mar pela campinas

 

Há nas vegetações dos canaviais

Os sons das rãs, sapos, melros a cantar

E mesmo as andorinhas nos beirais

Acompanham os pardais a chilrear

 

Vejo o sol a romper ao horizonte

No cimo das cordilheiras da serra

Já cheira a rosmaninho lá no monte

Em baixo o mar azul, espreita a terra

 

Mas eis meu contraste, diversidade

No canal da minha terra não há rio

Já secou o ribeirinho de saudade

A onde minha mãe lavava ao frio

 

As fontes do canal! Talvez sem águas?

Na nostálgica saudade sinto mágoas

Ali naquele imenso ermo solitário

 

No sonho de quimeras e esplendores

Desliza o meu mundo de primores

Na corrente do meu rio imaginário

 

Aulnay, Março2012

 

publicado por poesiaemrede às 23:36
link do poema | comentar | favorito
|

Poemas a Concurso

Publicação Final

(45) Manifesto

(44) A miséria que ningué...

(43) POETA DO MAR ONDULA...

(42) Longos sorvos de tem...

(41) Desgraça, grande mal...

(40) A voz da sociedade

(39) O Segredo das Palavr...

(38) Nada

(37) FORCA POÉTICA

(36) Portugal

(35) Globalização fratern...

(34) 18.02, tarde.

(33) livro de reclamações

(32) NO MEU RIO IMAGINÁRI...

(31) Tubarões

(30) Abril

(29) Da lusa gente (ou fa...

(28) Doença

(27) PORTUGAL IMIGRANTE

(26) “Quando perdemos alg...

(25) ANO 2012

(24) Como tu

(23) Desculpa

(22) "Se eu Mandasse"

(21) Depressão ( A doenç...

(20) O que se faz

(19) Viver para Ser

(18) ECO

(17) Justiça injusta

(16) Ainda ontem era Abri...

(15) Os Renegados

(14) PARA ALIMENTAR A ALM...

(13) Eau de Liberdade

(12) Mudança

(11) Sem Rumo

(10) Mentalidades

(9) Pura inocência

(8) Caos na Natureza

(7) " O Mundo "

(6) Que dizes do mundo

(5) Entre o Chão e o Céu

(4) DICOTOMIA DO QUERER E...

(3) PEDIDO EM ORAÇÃO A UM...

(2) (Des)encontros

(1) Mundo Imundo

POESIA EM REDE http://poesiaemrede.no.sapo.pt/

pesquisar poema

blogs SAPO

subscrever feeds