Quarta-feira, 7 de Março de 2012

(25) ANO 2012

ANO 2012

Iniciamos no mês  primeiro

Do novo ano que entrou

Que começa agora em Janeiro

Igual ao mês de Dezembro

Do ano que acabou

Com a certeza do incerto

Sendo o incerto uma certeza

De que cada vez estamos mais perto

Da certeza da nossa pobreza

 

As negras nuvens do ano que passou

Escureceram as vãs esperanças dos que acreditaram

Nas falsas promessas daqueles que se passearam

Por entre hortas, pomares, feiras e lotas

Criticaram o que outros fizeram

E fizeram de todo um povo um bando de idiotas

Não admira, falaram a língua dos pobres, ricos e agiotas

Estes, são os verdadeiros poliglotas

 

Mas creio profundamente

No povo da minha nação

Que iremos fazer frente

A quem nos dá tanta humilhação

E gritamos a uma só voz

Que não toleramos quem de nós abusa

Porque temos dentro de nós

UMA GRANDE ALMA LUSA

António D. Lima

publicado por poesiaemrede às 00:42
link do poema | comentar | favorito
|

Poemas a Concurso

Publicação Final

(45) Manifesto

(44) A miséria que ningué...

(43) POETA DO MAR ONDULA...

(42) Longos sorvos de tem...

(41) Desgraça, grande mal...

(40) A voz da sociedade

(39) O Segredo das Palavr...

(38) Nada

(37) FORCA POÉTICA

(36) Portugal

(35) Globalização fratern...

(34) 18.02, tarde.

(33) livro de reclamações

(32) NO MEU RIO IMAGINÁRI...

(31) Tubarões

(30) Abril

(29) Da lusa gente (ou fa...

(28) Doença

(27) PORTUGAL IMIGRANTE

(26) “Quando perdemos alg...

(25) ANO 2012

(24) Como tu

(23) Desculpa

(22) "Se eu Mandasse"

(21) Depressão ( A doenç...

(20) O que se faz

(19) Viver para Ser

(18) ECO

(17) Justiça injusta

(16) Ainda ontem era Abri...

(15) Os Renegados

(14) PARA ALIMENTAR A ALM...

(13) Eau de Liberdade

(12) Mudança

(11) Sem Rumo

(10) Mentalidades

(9) Pura inocência

(8) Caos na Natureza

(7) " O Mundo "

(6) Que dizes do mundo

(5) Entre o Chão e o Céu

(4) DICOTOMIA DO QUERER E...

(3) PEDIDO EM ORAÇÃO A UM...

(2) (Des)encontros

(1) Mundo Imundo

POESIA EM REDE http://poesiaemrede.no.sapo.pt/

pesquisar poema

blogs SAPO

subscrever feeds